Os Geoparques Globais da UNESCO são áreas geográficas uniformes e unificadas onde locais e paisagens de importância geológica internacional são gerenciados com um conceito holístico de proteção, educação e desenvolvimento sustentável. Sua abordagem ascendente de combinar a conservação com o desenvolvimento sustentável, ao mesmo tempo em que envolve as comunidades locais, está se tornando cada vez mais popular. No momento, existem 140 Geoparques Globais da UNESCO em 38 países.

O trabalho da UNESCO com geoparques deu início em 2001. Em 2004, 17 geoparques europeus e 8 chineses se reuniram na sede da UNESCO em Paris para formar a Rede Global de Geoparques, onde as iniciativas nacionais para proteção do patrimônio geológico contribuem e beneficiam a adesão a uma rede global de intercâmbio e cooperação.

Em 17 de novembro de 2015, os 195 Estados membros da UNESCO ratificaram a criação de um novo Programa, os Geoparques Globais da UNESCO, durante a 38ª Conferência Geral da Organização. Isso expressa o reconhecimento governamental da importância de gerenciar locais e paisagens geológicas excepcionais de forma holística.

A Organização apoia os esforços dos Estados-Membros para estabelecer os Geoparques Globais da UNESCO em todo o mundo, em estreita colaboração com a Rede Global de Geoparques.

Mais informações em:

http://www.unesco.org/new/en/natural-sciences/environment/earth-sciences/unesco-global-geoparks/