Coordenadas: 6º25’32” S / 36º36’08’’ W

Município: Acari

Descrição: O Geossítio Açude Gargalheiras está situado a 4,5 km, a NE, do centro de Acari, no entorno do Açude público Marechal Dutra (mais conhecido como Açude Gargalheiras, devido ao gargalo formado entre as serras).

Neste geossítio ocorrem granitos inequigranulares de textura média a grossa, de cor cinza, compostos por fenocristais de K-feldspato (alcançando até cinco centímetros em seu eixo maior), quartzo, plagioclásio, e em pequenas proporções biotita, anfibólio, titanita, zircão, apatita e minerais opacos. O geossítio está inserido no Granito de Acari, correlacionado às rochas da Suíte Intrusiva Itaporanga, tendo sido datado, pelo método U-Pb (em zircão), em 577 milhões de anos (Archanjo et al. 2013).

Na região ocorrem ainda granitos equigranulares de textura média, de cor cinza a rósea, formados por K-feldspato, plagioclásio e quartzo, além de pequenas quantidades de biotita, allanita, minerais opacos, apatita, zircão e muscovita. Não há evidência de foliação nestas rochas. As mesmas em conjunto com as descritas anteriormente formam o Granito de Acari. Contudo estas últimas são correlacionáveis com as rochas da Suíte Intrusiva Dona Inês.

A região se destaca por um expressivo relevo definido pelas serras do Pai Pedro, Minador e da Lagoa, com altitudes entre 600 e 650 metros, por onde passa o Rio Acauã, onde na década de 1940 foi construído o açude, que possui uma área de 780 ha e capacidade de acumulação de água de até 40.000.000,00 m3. Este açude, pelo grandioso conjunto de suas belezas naturais constituiu-se num dos pontos turísticos mais conhecidos e visitados na região do Seridó (Fotos 64 a 69) (Jardim et al,  1986; Legrand et al, 1991).

O local foi considerado a 3ª maravilha do RN dentre as 133 finalistas do Concurso as 7 Maravilhas do RN. O concurso envolvia obras da natureza e construída pelo homem.